Costumes Jóias Cultura

01/10/2011 21:16

Estamos no limiar do tempo do fim, realmente estamos vivendo uma contagem regressiva para o fim do fim do tempo do fim.
Há uma promessa para o povo de Elorrim, isto é, o povo de Israel nos últimos dias, um povo que nasceu dentro das profecias do Eterno, pois o senhor o Há’Shem  espalhou o Seu povo na diáspora, espalhando pelas nações pagãs, os gentios. Contudo, o Eterno promete trazer de volta Israel e plantar de novo o Seu povo em sua própria terra.
Zac 10:6 “ fortalecerei a casa de Yerrudá,  e a salvarei, a casa de Yosef, e far-los-ei voltar, porque me compadeci deles; e serão como se Eu não tivesse rejeitado, porque, Eu Sou o Há’Shem Seu Elorrim, Eu os ouvirei.”
Este milagre aconteceu e a plenitude dos gentios entrou Luc 21:24.
“E cairão ao fio da espada, e para todas as nações serão levados cativos; e Yerushalayim será pisada pelos goiym, até que os tempos dos goiym se completem.”
Israel voltou a Ser o povo do Eterno novamente e este povo nasceu em só dia pelo poder de Adonai em 1948.Um povo de uma cultura milenar, costumes e tradições voltado para bíblia Sagrada. O fardo e as mentiras que babilônia criou e escravizou o povo através do cristianismo, esta caindo. Muitos dos que foram enganados, estão voltando para casa, para verdadeira Igreja(karral), num processo de teshuváh. Contudo, tenho observado entre muitos que estão voltando para casa trazem ainda o ranço, costumes e idéias de Roma e  seu peso, costumes peculiar do cristianismo, cujo fardo é uma loucura.
Entre estes fardos e doutrinas e regras criada por Roma, quando quebrada, eles chamam de pecado. O conjunto de suas regras, eles dão o nome de doutrinas. Algumas vezes observei alguns pastores destas Igrejas pagãs dizerem: “Sua Igreja tem doutrina?” doutrina? Que doutrina? Da torah(bíblia) ou doutrinas de homens?
Para entender melhor esta questão, analisemos juntos a palavra “pecado” na verdade biblicamente falando pecado é a transgressão da torah, em outras palavras se não for transgressão da torah, não é pecado. Yeshua disse claramente: Mat 5:17-18.:
“ Não cuideis que vim destruir a toráh ou os navys: não vim ab-rogar, mas cumprir.
Porque em êmeth vos digo que, até que o céu e a terra passem, nenhum Yud ou qualquer traço se omitirá da toráh, sem que tudo seja cumprido.
Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos, por menor que seja, e assim ensinar aos homens, será chamado o menor no reino dos céus; aquele, porém, que os cumprir e ensinar será chamado grande no reino dos céus.”
Por exemplo, o uso de jóias pelo povo Israel, a palavra jóias em hebraico é exatamente “Tzivi” pergunto: quem criou a prata, ouro e as pedras preciosas? Certamente o Eterno! Assim o fez para deleite, alegria e beleza em todos os aspectos. O primeiro relato de ouro de boa qualidade, está no livro de Gen 2:12 “ E, o ouro dessa terra é bom, ali há o obdélio, e a pedra sardônica.” O primeiro relato bíblico que não é transgressão o uso de jóias, está em Gen 21:21-22.:
“E o homem estava admirado de vê-la, calando-se, para saber se o HA’SHEMהרהי havia prosperado a sua jornada ou não. E aconteceu que, acabando os camelos de beber, tomou o homem um pendente de ouro de meio siclo de peso, e duas pulseiras para as suas mãos, do peso de dez siclos de ouro.”
No verso 35 deste mesmo capitulo, é percepitível que entre ouro e jóias que o Eterno abençoou Abraão, estava as jóias dada por ele mesmo ao servo para presentear a Rebeca a futura esposa do seu filho Isaque. Isso era um costume hebreu. Gen 24:53.: “E tirou o servo jóias de prata e jóias de ouro, e vestidos, e deu-os a Rivkah; também deu coisas preciosas a seu irmão e à sua mãe.”
Yosef, josé no Egito no momento que subiu ao trono  Pharaó lhe presenteou, com um colar de ouro no pescoço “Gen 41:42.: “ E tirou Faraó o anel da sua mão, e o pôs na mão de Yosef, e o fez vestir de roupas de linho fino, e pôs um colar de ouro no seu pescoço.”
O próprio Eterno o Criador disse com sua boca aos filhos de Israel: Exo3:22 “Porque cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda jóias de prata, e jóias de ouro, e vestes, as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis os egípcios.”
Como vemos jóias nada tem haver com transgressão do mandamento(mtisvot), fazia parte de sua cultura. Exo 11:2  “ Fala agora aos ouvidos do povo, que cada homem peça ao seu vizinho, e cada mulher à sua vizinha, jóias de prata e jóias de ouro.”
“Assim vieram homens e mulheres, todos dispostos de coração; trouxeram fivelas, e pendentes, e anéis, e braceletes, todos os objetos de ouro; e todo o homem fazia oferta de ouro ao HA’SHEMהרהי.” Exo 35:22
Nos casamentos realizados no tempo de Yeshua o uso de jóias era comum. Entre muitos, a bíblia relata o casamento de Caná da Galileia, no qual, Yeshua estava presente. A mulher adornada com ouro e jóias subia ao altar. Por isso, João(Yohanam) na ilha de Patmos ele viu a santa cidade a nova Jerusalém adornada e enfeitada como uma noiva para o Seu marido.
O problema consiste, que alguns não usam jóias e condenam outros como se fosse pecado ou transgressão da torah. Se você não usa faz bem, se porem usar, não há problema, pois o seu uso não é pecado. Contudo, se você  insiste em condenar com expressões como é vaidade, não é correto! E assim sucessivamente, então a primeira pessoa que terás de condenar é o próprio Yeshua, pois Ele usava Tefilim pendurada na base das orelhas e uma pulseira, contendo o “Shemá”, pois era mandamento do Senhor.
Alguns para justificar suas atitudes farisaicas usam o texto  I Timotéo 2:9.:
“Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos,
Mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a ‘Elo(rr)hím(i)) com boas obras.”
Uma exegese rebuscada deste texto, mostra claramente que o apostolo aconselha as mulheres, não chamar atenção para se mesmo, não usar cabelos frisados com ouro ou vestidos com fios de ouro, querendo chamar atenção para se mesmo,  em outras palavras o apostolo queria dizer, se você quiser usar alguma coisa, não chame atenção para se mesmo, mas se vista com pudor, decência e ordem e isto é agradável ao o Senhor.Outros usam o texto de Apocalipse 17  a mulher prostituta, cheia de ouro e pedras preciosas, para dizer que ouro e jóias é pecado. Aqui temos, uma mulher vestida desta maneira, que pratica o mal e embriaga as nações com suas prostituições. Porem, temos uma mulher vestida de branco, que pratica o bem, adornada de jóias e ouro. A descrição feita por Yohanam em Apocalipse 21:1-2.
“E eu, Yohanam, vi a santa cidade, a nova Yerushalayim, que de ‘Elo(rr)hím(i) descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.”
Na mente do profeta, a lembrança dos casamentos que ele mesmo esteve presente, onde  a noiva Judia, se ataviava com Jóias e braceletes no seu casamento, isto mostra claramente que não há nada errado com o uso de jóias.
Na idade média, a perseguição e morte aos Judeus era constante, e muitas vezes não dava tempo de voltar a sua casa para pegar alguma coisa, pois se a Inquisição católica pegasse algum Judeu, eram mortos na fogueira imediatamente. Por conseguinte, os Judeus levavam sempre jóias em seu corpo e era a única coisa de valor que o salvavam financeiramente, permitindo um novo começo em outro lugar. Agora leia Ezequiel 16:10 todo Capitulo e sua duvida cairá por terra!!!
Outra situação trazida daqueles que saíram das Igrejas caídas, é questão da calça comprida. Pergunto? É a calça pecado? A calça comprida é veste de homem ou de mulher? Bem! Se você responder é de homem, certamente você desconhece como a calça comprida surgiu, vejamos a seguir. No começo do século 19 na França, um estilista Francês, queria criar uma roupa que distinguisse as vestes do homossexual do  homem  e da mulher, foi então que ele criou a calça, que era especificamente para destacar o homossexual dos demais sexos. A moda pegou, agora todos usam calça, tanto homens como mulheres. Nenhum homem ou igreja, poderá criar regras em relação a esse assunto, pois se o fizer o primeiro que tem de tirar as calças é o acusador, o homem. Porem, existe a calça do homem e da mulher e ambos devem se trajar com decência e ordem, pois esta é a vontade do Eterno.
O mesmo acontece com as danças. Muitos alegam, que isso é de babilônia, porem o pouco conhecimento que estas pessoas tem em relação a isso, se transformam em inquisidores dos dias atuais. As danças foram criadas para louvar ao Senhor, era uma forma de expressar, gratidão e amor ao Eterno. Na liturgia de adoração ao Eterno, no momento do culto em pleno Shabbat(Sábado), as danças ao Eterno tinha seu lugar especial, e isto a 3700 anos atrás. As danças modernas nem existia, nem mesmo havia vestígio de rock, lambada etc... Bem vamos para a bíblia. A dança de Mirian, após ter saído do Mar de Juncos era uma forma de expressar gratidão ao Eterno pelo o livramento operado por Ele. Êxodo 15:20
“Então Miriã, a profetiza, a irmã de Aaron, tomou o tamboril na sua mão, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris e com danças.
21 E Miriã lhes respondia: Cantai ao HA’SHEMהרהי, porque gloriosamente triunfou; e lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro.”
Juizes 11:34 “Vindo, pois, Yefté a Mizpá, à sua casa, eis que a sua filha lhe saiu ao encontro com adufes e com danças; e era ela a única filha; não tinha ele outro filho nem filha.”
I Samuel 21:11  “Porém os criados de Aquis lhe disseram: Não é este Davidi, o rei da terra? Não se cantava deste nas danças, dizendo: Shaul feriu os seus milhares, porém Davidi os seus dez milhares?”
Salmos 149:3 “ Louvem o seu nome com danças; cantem-lhe o seu louvor com tamborim e harpa.”
Jeremias 31:4 “Ainda te edificarei, e serás edificada, ó virgem de Ysrael! Ainda serás adornada com os teus tamboris, e sairás nas danças dos que se alegram.”
Veja querido leitor, aqui é próprio Eterno falando!!!
Mateus 11:17. “E dizem: Tocamo-vos flauta, e não dançastes; cantamos lamentações, e não chorastes.”
LucaS 15:25 “ E o seu filho mais velho estava no campo; e quando veio, e chegou perto de casa, ouviu a música e as danças.”
Aqui o próprio Yeshua cita as danças, com Sua própria boca, nunca houve pecado ou transgressão nestas coisas. A autoridade da Torah e das Escrituras é Suprema e nenhuma idéia pessoal de qualquer que seja mudará isso. O que realmente aconteceu é que Há’Satan transformou o objeto de adoração a Elorrim em profanação, porem isso não invalida a minha atitude de louva-lo com danças pela abominação criada pelo o inimigo. Ele sabe que as danças, promove alegria, satisfação, paz, amor, e isso desencadeia no corpo humano, uma alta descarga de endorfina e dopamina, que são hormônios que promove a cura e paz na alma. Ao contrario da musica rock’roll  que libera adrenalina. Nas festas de Sucot e nos casamentos os Judeus dançavam e se alegravam e o próprio Yeshua, o Messias, participou destas festividades que promove alegria e a paz. Muitos dizem: “ Ah! A palavra dança no Salmo 149:3, era o nome de um instrumento musical, que ridículo, isso é loucura e mentira.
Por isso somos conhecidos como restauradores de brechas como expressa o profeta em Isaias 58. Os remidos na eternidade alegre cantarão e dançarão ao Senhor com Alegria, pois a boca do Senhor o disse. Por favor meu irmão, minha irmã, deixe o ranço de babilônia. Disse Yeshua o meu jugo é suave o meu fardo é leve, o jugo de jesus em babilônia é pesado recheado de doutrinas de homens.  
Shalom Alechem!

 

Pesquisar no site

Contato

Kahal Israelita de Barcarena Site Parceiros:
matrixnewscom.webnode.com.br/
www.cafetorah.com/
www.torahviva.org/
www.centrodeestudosprofeticos.com.br/
Fone:
(91)91661016
(91)99071682
(91)81228514
Blog indicados:
http://midiajudaica.blogspot.com/
http://leitorah.blogspot.com/

Palavras-chave